Enfermeira conta visões de paciente terminal

Quando pensamos na morte, a maioria de nós sente um calafrio. O medo do desconhecido e a consciência da própria finitude são coisas que fascinam as pessoas desde o início dos tempos. Muitos perguntam se nosso “eu” continua a existir depois que nosso corpo morre e se a luz no fim do túnel realmente existe - mas todas essas questões permanecem sem resposta. Saber que depois dessa vida há uma outra esperando por nós seria reconfortante, não é?

Imgur/KuhhRistUhh17

Gabrielle Jimenez é enfermeira em um hospital para pacientes terminais e em sua página no Facebook, "The Hospice Heart", ela compartilha os momentos de seu cotidiano. Por causa do seu trabalho, a morte é onipresente para a jovem, e nas últimas horas de sua vida, os pacientes geralmente confidenciam a ela coisas meio inexplicáveis. Eles falam de pessoas ou fantasmas em seus quartos ou filosofam sobre o que pode vir a seguir. Um paciente compartilhou uma experiência muito especial com Gabrielle e a jovem decidiu escrever uma postagem que surpreendeu mais de 100.000 pessoas.

Gabrielle escreveu o seguinte:

"Um dos tópicos de conversa que mais gosto com os pacientes de quem cuido é sobre as visões que eles têm. Outro dia estive com um senhor que disse que tem visto pessoas em seu quarto, principalmente homens. Ele não tem medo deles; parece que eles estão lá para ajudá-lo a se sentir menos sozinho.

Perguntei se ele falava com eles e ele me disse que não sabia o que dizer, então discutimos coisas que ele podia perguntar. Ele me perguntou se isto significava que ele ia morrer em breve. A minha resposta foi que apesar de que sim... que ele está morrendo, eu não acreditava que eles representassem um tempo (para isso). Disse a ele que pensava que, talvez, estar perto da morte lhe permitia ser mais receptivo à presença deles e eles sabiam disso, e é por isso que eles estavam lá. Isto lhe pareceu uma resposta aceitável.

O vi novamente no dia seguinte e ele me disse que começou a falar com eles; não trocaram palavras, mas ele sentiu as suas respostas: uma delas era que estava a salvo e para não ter medo, o que ele aceitou bem. Depois ele me disse que os seus dois cães, que tinham morrido, foram vê-lo. Uma lágrima rolou por sua bochecha. Ele disse que eles pularam em sua cama e se aconchegaram ao seu lado.

Quero imaginar que quando eu estiver perto da morte o meu cão Jack venha se aconchegar ao meu lado..."

Imgur/GavTheScav

Claro, você é quem decide se acredita ou não nas visões de pessoas que estão morrendo. Porém, o pensamento da morte não seria muito mais suportável e muito menos assustador se soubéssemos que um dia veríamos aqueles que já perdemos?

Fonte:

Bored Panda

Comentários

Também incrível