10 fotos de pessoas que eram exibidas como animais.

Principalmente no século 19, os chamados "shows de aberrações" eram muito populares em feiras e circos nos EUA. Neles, pessoas com deformidades físicas foram exibidas como animais no zoológico. Para os próprios artistas, o espetáculo era muitas vezes o único trabalho que conseguiam encontrar. Enquanto alguns deles negociavam independentemente e viviam em grande parte independentes e até mesmo ricos, outros, especialmente crianças e deficientes mentais, eram completamente explorados por empresários e promotores de eventos.

Mesmo nos dias de hoje, as pessoas que se destacam por causa de uma característica física "incomum" ainda são alvos dos olhares alheios. No entanto, a ideia de serem exibidas como aberrações e admiradas por dinheiro é, felizmente, algo obscuro e visto como desumano. Porém, é importante não nos esquecermos da história para que os erros não sejam repetidos. Conheça 10 pessoas que eram consideradas atrações vivas no passado:

1) Annie Jones

A norte-americana nascida em 1865 já tinha bigode e costeletas aos 5 anos. Ela ficou conhecida como "Menina Barbada" nos shows de aberrações. 

2) "Schlitzie"

Conhecido pelo nome artístico "Schlitzie", este homem nasceu com microcefalia, uma malformação que leva o afetado a ter uma cabeça muito pequena. "Schlitzie" passou a vida com um nível mental de uma criança de 3 anos, mas fez sucesso e continuou viajando até uma idade muito avançada com o circo itinerante.   

3) Daisy e Violet Hilton

As gêmeas siamesas se apresentavam em feiras e, na década de 1930, iniciaram uma carreira como cantoras e dançarinas. No entanto, traídas e roubadas por seus gerentes, elas morreram na pobreza. De acordo com o relatório da autópsia, Daisy teria sucumbido inicialmente à gripe, enquanto sua irmã gêmea teria sobrevivido por mais dois dias. 

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Polly Waleigh Sills (@sillspolly) am

4) Ella Harper

Ella nasceu com as articulações do joelho deformadas e se movia de quatro com os joelhos dobrados. No final do século 19, ela excursionou pelos EUA com circos sob o nome de "Menina Camelo".

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Es Increible (@es_increible) am

5) Ruth Berry

A focomelia levou esta mulher a ter membros encurtados, o que lhe rendendo os nomes de "Menina Pinguim" ou "Mignon" (francês para "doce"). Com seu segundo marido, um ex-acrobata, ela se apresentou até o final dos anos 1960.

6) Myrtle Corbin

Myrtle nasceu em 1868 com síndrome da duplicação caudal. Neste fenômeno muito raro, os atingidos têm dois abdomens, cada um completo com órgãos reprodutivos e mais um par de pernas. Como a "Menina com Quatro Pernas", Myrtle começou a participar de vários shows de aberrações já aos 13 anos, até que se casou aos 19 e deu à luz 5 crianças saudáveis.

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Vintage: History & Memes (@vintage_history) am

7) Lúcia Zárate

A mexicana nascida em 1864 só media 51 cm e pesava 2 kg na fase adulta. Ela era uma verdadeira atração, mas acabou morrendo congelada aos 26 anos, quando o trem do seu circo ficou preso na neve durante uma de suas viagens. 

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von historical post (@historicalposts) am

8) Fanny Mills

A doença de Milroy, um distúrbio no sistema linfático, levou a ainda jovem Fanny a ter pernas e pés enormes devido à retenção de líquidos. A mulher, nascida em 1860, usava fronhas como meias e não conseguia andar sem ajuda. Ao se exibir nas feiras, ela ganhava cerca de 150 dólares por semana - uma pequena fortuna para a época.

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von The women of the past. (@ladies_of_history) am

9) Grady Stiles

Uma malformação do esqueleto da mão (ectrodactilia) levou o norte-americano Grady Stiles a ter uma mão dividida. Adotando o nome artístico de "Garoto-Lagosta", Grady e dois de seus filhos, que tinham herdado a ectrodactilia, excursionaram pelos EUA como a "Família Lagosta". Em 1988, ele matou o noivo de sua filha e foi baleado quatro anos depois.

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Redrum Blonde (@redrumblonde) am

10) Bill Durks

O buraco profundo na face de Bill Durks, nascido em 1913, foi causado por displasia frontonasal. Por causa de sua deformação, ele foi negado a entrar na escola. Aos 40 anos, ele se tornou parte de um show de aberrações como o "Homem de Duas Faces" e sempre pintava um terceiro olho no meio do rosto para suas performances. Em seu novo trabalho, ele também encontrou e se casou com seu grande amor: Mildred, também chamada de "Mulher da Pele de Jacaré", devido à ictiose, uma doença de pele.

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Weird Historian (@weirdhistorian) am

Ainda bem que era dos shows de aberrações já acabou. Mas ver essas fotos mais parece uma viagem a uma realidade paralela do que a um passado não muito distante.  

Fonte:

Horrorfakten

Comentários

Também incrível