Uma mulher é seguida por 3 homens até que tem uma ideia que a salva

Você está sozinha a caminho de casa, andando em uma rua escura e vazia. De repente, você ouve um barulho. Há passos se aproximando. Você não ousa se virar. Mas o sentimento de ser perseguida vai ficando mais forte. E com esse sentimento, vem o medo.

Infelizmente, quase toda mulher conhece essa situação. Mas o que você faz quando está sendo seguida por 3 homens ao mesmo tempo? Uma mulher de Nova York se viu nesse cenário de pesadelo. Felizmente, ela encontrou o usuário do Twitter Black Professor, que conta sobre o incidente e o encontro dos dois em seus tweets:

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Bartosz Krawczyk (@bartosz_ow) am

"Eu estava a caminho do trem e uma mulher que eu não conhecia correu direto em minha direção. Ela me abraçou com força e sussurrou em meu ouvido: 'Por favor, finja que me conhece. Três caras estão me seguindo há um tempo. Eu fiz o que ela pediu e a acompanhei o resto do caminho até o apartamento dela.

Não vou fingir que não hesitei no começo. Estamos em Nova York, as pessoas aqui estão sempre tentando enganar. Mas o abraço dela parecia real demais e três homens realmente nos seguiram. Enquanto caminhávamos e conversávamos, notei como ela estava assustada. Ela continuou dizendo que eu tinha que levá-la para casa para junto do filho.

Só posso imaginar como deve ter sido, porque nada disso aconteceu comigo. Trocamos números e eu disse a ela que eu e meu parceiro a buscaríamos na estação de trem e iriamos com ela até sua casa sempre que necessário.

Liguei para ela no dia seguinte, para perguntar como ela estava. Ela não parava de me agradecer. Os três homens a observaram o tempo todo no trem, saíram com ela e a seguiram por um longo tempo. Ela se refugiou em uma loja por alguns minutos, esperando que eles fossem embora. Mas quando ela saiu, os homens ainda estavam lá.

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Jeremy Estrella ©™ (@estrella_nyc) am

Ela correu rapidamente e procurou ajuda. Mas ela só viu mulheres, que não queria colocar em perigo. Então, ela me viu e eu tinha um sorriso no rosto enquanto olhava para o meu celular. Então ela soube que eu era a pessoa certa.

Eu disse a ela que depois me sentiria péssimo com o que teria acontecido se tivesse tomado um caminho diferente naquela noite ou se não acreditasse nela. Ela respondeu que não havia 'e se', e que eu era o herói dela.”

 

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Marijana Papic (@chuchubeth) am

Felizmente essa mulher conheceu alguém como o usuário do Twitter Black Professor (que, aliás, trabalha como cuidador de jovens vítimas de violência sexual) no momento certo.

É uma triste realidade que muitas meninas e mulheres tenham que conviver com esse medo. Pedir ajuda e/ou fazer uma ligação falando alto com alguém pode ser o melhor nesses momentos. Fazer um curso de autodefesa também é uma boa ideia. E não esqueça, você pode sempre ligar para 190, número da polícia militar.

Fonte:

Bored Panda

Comentários

Também incrível