Rapaz hindu de 23 anos continua aprisionado em corpo de bebê.

Depois uma gravidez incomum de dez meses e meio, Manpreet Singh chegou ao mundo em 1995, na cidade de Mansa, na Índia. Após seu nascimento, não havia razão para suspeitar que ele fosse diferente das outras crianças. Ele era um bebê adorável, com cabelos escuros.

No entanto, aos seis meses, o menino parou de crescer de repente. Quase duas décadas depois, a altura de 58 cm e o peso de 7 kg de Manpreets não mudaram. O jovem de 23 anos continua aprisionado no corpo de bebê.

Youtube/Barcroft Media

Os médicos suspeitam que ele sofra da síndrome de Laron, um defeito congênito raro que causa resistência aos hormônios do crescimento. Até agora ele tem sido incapaz de falar, andar ou sentar sem ajuda. Sua tia e o marido dela, que o criaram, carregam o jovem nos braços para todos os lados.

"Manpreet ri como um bebê e quase nunca fica triste", diz seu tio Karanvir. "Ele aprendeu a se comunicar com gestos", acrescenta sua tia Lakhwinder. "Cumprimenta os convidados balançando as mãos e pede para que eles se sentem."

Youtube/Barcroft Media

Os convidados são recebidos por Manpreet, cujo rosto parece jovem e velho ao mesmo tempo. Os devotos hindus que vivem em sua aldeia o consideram a reencarnação de um deus. Além disso, quando ele desce a rua, sempre chama atenção, e há muitas pessoas que pedem para tirar uma foto com ele ou receber sua bênção.

Youtube/Barcroft Media

Consultar um médico especialista é algo que a família não pode pagar, mas eles têm esperança de conseguir as doações necessárias para poder pagar consultas de rotina de qualidade. O certo é que Manpreet continuará sofrendo da síndrome de Laron, já que até hoje a cura não foi descoberta. Por outro lado, esse defeito congênito não afeta a expectativa de vida dos pacientes. Manpreed chegará a uma idade avançada com o corpo de um bebê.

Youtube/Barcroft Media

"Nós aceitamos o destino dele", disse sua prima mais nova. "Estamos felizes de tê-lo conosco. Sua serenidade encanta a todos. Amamos este pequeno acima de tudo".

Nesta reportagem (em inglês) você pode ver a história de Manpreet:

Com 58 cm de altura, Manpreet Sing pertence à lista dos menores homens do mundo. Uma pessoa que se torna mais especial a cada dia. Sua alegria de viver se espalha por todos à sua volta.

Fonte:

Daily Mail 

Comentários

Também incrível