Homem subnutrido de 27 anos luta contra doença com treinamento com pesos.

Há pessoas que não se deixam derrotar pelos obstáculos da vida. Pelo contrário: alguns conseguem superá-los e os usam para dar a volta por cima, como uma fênix que renasce das cinzas. Uma dessas pessoas é Manny Singh Tura. O futuro desse jovem inglês de Leeds parecia tudo, menos promissor. 

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Manny Singh Tura (@allmyfriendsareeggs) am

Em dezembro de 2016, Manny precisou ser internado por causa de uma perfuração intestinal. O britânico sofria da doença de Crohn, uma doença inflamatória intestinal sem cura. A doença ocorre em surtos que causam inflamação do trato intestinal. Os sintomas: náusea, diarreia, febre e perda de peso. Quando chegou ao hospital, Manny pesava apenas 48 kg, mas o pior ainda estava por vir: ele teria que remover cerca de 30 cm de seu intestino. As consequências dessa cirurgia pesada levaram o homem aos seus limites físicos e psicológicos.

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Manny Singh Tura (@allmyfriendsareeggs) am

Depois da operação, Manny perdeu peso rapidamente, se assustando com seu próprio reflexo no espelho: "Antes de ficar doente, eu pesava 50 kg. Depois, cheguei a 29 kg", relembra. "Minha imagem corporal razoavelmente musculosa mudou tanto que eu parecia um esqueleto.” Devido a essa grande perda de peso, Manny não pôde sair do hospital e teve que ser alimentado artificialmente. Mas ele estava determinado a se levantar - e mais do que isso: ele queria sair mais forte do que nunca. Como a solução nutritiva conectada às suas veias não mostrava resultados, Manny recorreu secretamente a um truque.

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Manny Singh Tura (@allmyfriendsareeggs) am

Manny pede um amigo para lhe trazer comida escondida no hospital: "Eu tinha uma placa de aquecimento para esquentar a comida que um amigo contrabandeava. Eu a usava quando os médicos e as enfermeiras não estavam lá. Essa foi a minha salvação. E eu tinha uma lata de aromatizador de ambiente para esconder o cheiro de peixe. "O plano de Manny funcionou: ele logo ganhou 10 kg e recebeu a alta do hospital. Mas o britânico não queria parar aí, pois tinha grandes planos: se tornar um fisiculturista.

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Manny Singh Tura (@allmyfriendsareeggs) am

O sonho de Manny, no entanto, ainda parecia estar muito distante. Três meses após sua operação, ele ainda dependia de nutrição artificial e de uma bolsa de colostomia. Mas isso não interessa ao inglês. Quando a saída intestinal artificial é removida em maio de 2017, Manny iniciou uma transformação que surpreendeu até mesmo seus médicos. O jovem mudou sua dieta e começou a ir à academia todos os dias. Dentro de alguns meses e apesar de sua doença, Manny conseguiu algo que pode levar anos: o homem esquelético se transformou em um homem musculoso.

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Manny Singh Tura (@allmyfriendsareeggs) am

Mas isso não era o bastante: em janeiro de 2018, quase um ano depois da cirurgia, Manny participou de uma competição de levantamento de peso. Agora, ele pesava 180 kg, cerca de três vezes seu antigo peso, e bateu assim um recorde. 

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Manny Singh Tura (@allmyfriendsareeggs) am

Manny mostrou à doença quem é que manda. "A doença de Crohn não me afeta", diz ele orgulhoso. "Ela é parte de mim, mas eu a tenho sob controle, dia após dia." Com sua transformação incrível, o jovem britânico dá esperança a outras pessoas que sofrem com a mesma doença. 

Comentários

Também incrível