Emocionante: macacos lamentam “morte” de bebê macaco robô.

A série da BBC "Spy In The Wild" ("Espião na Natureza", em tradução livre) usa uma estratégia incomum para observar e gravar como os animais se comportam em seu habitat natural.  

Para o programa, robôs realistas que se parecem com os próprios animais são colocados no grupo. Esses robôs são equipados com câmeras que filmam o comportamento dos animais reais. A ideia é descobrir como os animais se comportam quando eles acham que não estão sendo observados.

Youtube/BBC

Mas quando os pesquisadores quiseram estudar um grupo de macacos langures em Rajasthan, na Índia, algo incomum aconteceu.

O robô que eles usaram se parecia com um macaco langur bebê. Os macacos estavam curiosos em relação ao novo membro do grupo e começaram a se aproximar dele. Eles começaram a tocá-lo e cutucá-lo para tentar fazê-lo brincar com eles. 

Youtube/BBC

Então algo inesperado aconteceu: o "bebê" foi acidentalmente derrubado e caiu no chão, onde ficou deitado de costas e "sem vida".

Um dos macacos imediatamente foi resgatar o bebê e o pegou em seus braços. Mas quando o macaco notou que o bebê não estava se movendo, todo o grupo passou por uma transformação repentina. 

Youtube/BBC

Todos os macacos do grupo acharam que o ele estava morto. A linguagem corporal deles era de cortar o coração. Estava claro que eles estavam chocados e tristes.

Todos eles se juntaram em volta do bebê "morto" e o tocaram gentilmente, como se eles estivessem prestando suas últimas homenagens. 

Youtube/BBC

Os adultos no grupo abraçaram seus filhotes e consolaram uns aos outros. O comportamento deles era tão similar aos de humanos de luto que era quase doloroso de assistir. 

Youtube/BBC

Ao assistir isso, fica claro que os sentimentos de tristeza e simpatia não são exclusivos da raça humana.

Você pode assistir essa demonstração incrível de emoção neste vídeo:

Ninguém poderia ter esperado que esse experimento inofensivo acabaria revelando um comportamento tão comovente desses macacos langures. No final, o experimento alcançou muito mais do que sua intenção original: ele nos ensinou que animais têm emoções complexas e sentimentos profundos de conexão, assim como nós. Pode ser difícil de assistir, mas ao mesmo tempo é lindo. 

Comentários

Também incrível