“Nunca vá dormir com raiva no coração”: menina de 3 anos ensina uma linda lição à sua mãe

Todo pai ou mãe pode se lembrar facilmente de uma situação com seus filhos na qual reagiu de maneira diferente do que gostaria ou deveria.

Mary Katherine Backstrom é mãe de duas crianças e tem um blog de sucesso sobre criação de filhos. Depois de um dia longo e difícil, Mary queria colocar sua filha Holland, de 3 anos, para dormir. A criança, como muitas da mesma idade, fez de tudo para adiar esse momento. A mãe, estressada, reagiu de maneira irritada e recebeu imediatamente uma resposta.

Em sua página no Facebook, a mãe explicou o que aconteceu:

“Minha filha e eu acabamos de ter uma luta para ela ir dormir.

Finalmente, há 10 minutos eu finalmente a coloquei na cama e eu disse, trincando os dentes:

'Eu te amo, Holland, mas não quero ouvir mais uma palavra hoje. Você vai dormir agora. Já conversei o suficiente com você sobre seus bichos de pelúcia.'

'Mamãe?'

Parei no caminho para a porta, literalmente mordendo a língua de tanta frustração.

'O que é, Holland?'

'Eu tenho mais uma coisa para te dizer.'

Claro que tem. Ela estava de pé em sua cama com as mãos na cintura, também. Seu cabelo estava despenteado e ela usava o braço para enxugar as lágrimas e a coriza do rosto.

'Mamãe', disse minha filha de 3 anos, me olhando de cima a baixo e com veneno em sua vozinha.

'EU PERDOO VOCÊ!'

Então ela se deitou e começou a chorar, e, por Deus, por um minuto eu não sabia o que fazer .

O jeito que ela disse "eu perdoo você" quase soou como um palavrão.

Fui até sua cama e me inclinei.

'Querida, você sabe o que significa perdão? '

Ela estava fungando e pressionando o rosto profundamente no travesseiro da Pequena Sereia.

'Sim', ela murmurou.

Eu realmente tinha que ouvir isso. 

'Significa que você está errada e estou cansada de ficar brava. Então agora eu vou dormir e meu coração não terá dor de barriga.'

Então aí está, pessoal!

Esta noite, uma criança de três anos me deu uma lição importante sobre o perdão. Foi um murro no estômago também. E é claro que subi na cama dela e dei carinho a ela.

Porque, para ser sincera, MEU coração estava com um pouco de dor de barriga.

Minha filhinha me lembrou que nunca se deve ir para a cama com raiva. Porque quando você faz isso, seu coração sente dor de barriga.

E você sabe de uma coisa? Tenho 35 anos e tenho que admitir: ela não está errada."

Mesmo que nós, adultos, achemos que temos sempre razão, nunca devemos esquecer de ouvir nossos filhos - porque muitas vezes podemos aprender algo com eles!

Foto de destaque do artigo: ©Facebook/Mary Katherine Backstrom 

Fonte:

Bright Side

Foto de destaque do artigo: ©Facebook/Mary Katherine Backstrom 

Comentários

Também incrível