Tio surpreende a família ao segurar a sobrinha pela primeira vez.

Quando Kevin e Kayla Troope, da Califórnia (EUA), se tornaram pais pela segunda vez no ano passado, eles não conseguiam se segurar de tanta felicidade ao ter a primeira filha.   No entanto, para poder comemorar o nascimento de Maysen Ava com toda a família, eles tiveram que ter um pouco de paciência, uma vez que os pais de Kevin e seu irmão mais novo estavam em uma longa viagem pela Nova Guiné. 

Depois de três meses, a família estava enfim toda reunida. Em uma tarde, os membros da família só conseguiam conversar animadamente sobre o bebê e a viagem. Apenas o irmão mais novo de Kevin, Daniel, que tinha 20 anos e sofria de Síndrome de Down, se sentia desconfortável: "Meu irmão se sentiu excluído naquele dia, pois ele não conseguia participar das conversas dos adultos. Para ele, é muito difícil quando ele não se sente incluído nas discussões. Quando ele me abraçou 8 vezes em 10 minutos, nós sabíamos que ele precisava de mais atenção." 

Daniel é uma pessoa naturalmente feliz e carinhosa e se anima com as pequenas coisas da vida. Infelizmente, ele não é levado a sério por muitos de seus parentes, sendo visto apenas como uma criança doente, mesmo que já seja adulto. O ceticismo que ele recebe diariamente machuca profundamente o jovem. 

Kevin conhece Daniel a vida inteira e sabe como ele é uma pessoa tranquila e confiável. Para lhe animar, os pais tomaram uma decisão: "Hoje, eu e minha esposa o deixamos segurar nossa filha em seus braços. Este é o olhar dele quando a pegou e é assim que ele a segurou por cinco minutos sem se mexer. Eu quase chorei."  

reddit / Guinean

Depois da surpresa inicial do presente inesperado que recebeu do irmão, Daniel ficou em um estado de completa paz. "Ele foi muito amoroso e gentil com ela. Ele estava completamente calmo."

Kevin sabia o quanto Daniel amava segurar bebês em seus bracos. Infelizmente, ele quase nunca tinha essa oportunidade, já que a maioria dos pais não confia nele para lidar adequadamente com um bebê. Kevin, porém, sabia que aquela tarde deveria ser agradável também para Daniel.

Tudo o que Daniel precisava nesse dia era ter Maysen Ava em seus braços pela primeira vez, para que tio e sobrinha pudessem aproveitar seus cinco minutos um com o outro - e foi tão bom para ambos que certamente não será a última vez.  

Comentários

Também incrível