Deficiente visual pinta obras de arte impressionantes.

John Bramblitt sofreu de epilepsia durante toda sua infância. Infelizmente, esses abalos no sistema nervoso fizeram com que ele sofresse uma perda temporária da visão, porém, aos 11 anos, ele ficou completamente cego. No entanto, ele ainda conservava uma paixão do passado: a arte. E o que ele pôde criar, apesar de suas limitações, é impressionantemente belo, como comprovam as obras a seguir.

Mesmo tendo perdido completamente a visão aos 11 anos...

Facebook/John Bramblitt

...suas lembranças de luz e cor ficaram gravadas em sua memória.

Facebook/John Bramblitt

Por isso ele sabe quando usar determinada cor para conseguir os efeitos desejados. 

Facebook/John Bramblitt

Bramblitt pode, inclusive, sentir diferentes tons. Ele faz isso muito cuidadosamente...

Facebook/John Bramblitt

Ele deixa que a consistência e a textura de cada cor flua em suas mãos.

Facebook/John Bramblitt

"O branco é como a pasta de dente, o ocre escuro é frio com a gelatina e o preto sempre pinga da minha mão porque é muito fluido", confessa.

Facebook/John Bramblitt

Ele exibe suas obras regularmente e é assim que ganha a vida. 

Facebook/John Bramblitt

Facebook/John Bramblitt

Apesar de sua limitação, John desenvolveu a capacidade de permanecer fiel à sua paixão e a aperfeiçoou. Um exemplo de que tudo é possível se você realmente quiser. 

Comentários

Também incrível