Por causa de um bilhete no para brisa, policial releva multa.

Às vezes, até mesmo os policiais devem decidir o que é mais importante: manterem-se fiéis às leis ou fazerem a coisa certa eticamente.

Esse foi o dilema que o policial Jim Hellrood, de Wausau, Wisconsin (EUA), encarou quando estava fazendo uma ronda checando os parquímetros do bairro.

Facebook / Jim Hellrood

Ao ver que o tempo de um parquímetro havia expirado, o policial começou a escrever a multa. Mas foi aí que ele notou um bilhete no para-brisa do carro.

Rebecca Cardenas

O bilhete dizia: "Por favor, tenha pena de mim. Eu fui andando para casa... escolhas seguras."

A pessoa reconheceu que já não estava sóbria o bastante para dirigir. Ao invés de arriscar, o condutor deixou o carro estacionado e aceitou que estava propenso a levar uma multa. 

Facebook / Rechtsanwälte Karaahmetoglu & Kollegen

Após pensar por um momento, Jim, mais uma vez, pegou seu bloquinho. Mas ao invés de escrever a multa, ele deixou um aviso no carro do motorista: "Pena concedida, apenas uma notificação." 

Jim apreciou o fato de o dono do carro ter tomado a decisão correta e deixado o veículo estacionado, mesmo correndo o risco de ser multado.

Você acha que Jim e o motorista desconhecido agiram de maneira correta? 

Fonte:

NTD

Comentários

Também incrível