Mulher desabafa sobre pessoas que a ridicularizaram por causa de foto.

Há alguns anos atrás, Jennifer Knapp Wilkinson, do Missouri (EUA), ficou famosa contra sua vontade e de forma bem ingloriosa: a mulher, então com 34 anos e bem acima do peso, estava fazendo compras para sua família usando um carrinho elétrico para se movimentar pelo supermercado Walmart. Enquanto tentava colocar um pacote de refrigerantes em sua cesta de compras, ela perdeu o equilíbrio e tombou para o lado, junto com o carrinho. 

imgur

"Eu achei que tivesse visto um flash e escutei algumas meninas jovens rindo. Eu não liguei, pois eu estou acostumada a ouvir pessoas fazendo piadas sobre mim ou comentários sarcásticos. Não era nada de novo", ela relembra. Mas o que ela ainda não sabia era que as crianças rindo pelas suas costas tinham colocado sua foto na internet. 

De fato, ela acabou em um site dedicado a fazer piadas com clientes do Walmart, que captura todos os tipos de situações e compradores excêntricos na gigante do varejo. Então a imagem de Jennifer espalhou-se pela internet como um meme cruel, e ela, claro, eventualmente o viu. Ler os comentários abaixo da foto era chocante. Ela tinha se machucado na queda por si só, mas agora ela estava realmente devastada.

Quatro anos mais tarde, ela decidiu desabafar

Youtube/Isabelle Mitchell

"A pior coisa sobre esta foto é que as pessoas pensam que uma mulher gorda caiu sobre um carrinho porque ela era preguiçosa demais para sair dele para pegar o pacote de refrigerante. Eu tenho uma condição na minha coluna chamada "espondilolistese", na qual uma vértebra desloca-se para fora do lugar. No meu caso, quanto mais tempo eu fico em pé, mais bamba e fraca a minha perna fica. Eu caio por causa dessa condição... Eu também estava passando por muita dor e fraqueza nesse dia."

Youtube/Isabelle Mitchell

"Eu também sou muito obesa, o que não ajuda o problema das minhas costas. Eu luto contra o meu peso diariamente e recentemente entrei na academia de ginástica."

"Mas ainda é uma batalha... O motivo pelo qual eu estou compartilhando isto é porque as pessoas acham engraçado rir de pessoas com deficiências. Você não pode ver minhas deficiências, mas elas estão lá e são REAIS. Então da próxima vez que você vir fotos fazendo piada com pessoas, apenas lembre-se de que você não sabe nada sobre essas pessoas ou sobre as dificuldades que elas enfrentam todos os dias. Rir de alguém nunca é uma diversão inofensiva." 

Youtube/Isabelle Mitchell

"Eu não escolhi ser fotografada em um ponto baixo da minha vida. As pessoas assumem que eu sou gorda porque sou preguiçosa, e isso é mentira. Ou elas assumem que eu sou gorda porque eu quero ser deficiente. Pessoas obesas são tratadas como menos do que humanas e como algo para ridicularizar. Eu só quero que as pessoas saibam que pessoas gordas também são pessoas.

Eu não estou pedindo às pessoas que aceitem ou sejam condescendente com obesidade. Eu também não estou pedindo às pessoas que sintam pena de mim. O que eu quero é compaixão, compreensão e respeito enquanto um ser humano. Eu sou uma pessoa, então, por favor, trate-me como uma!"

Depois de quatro anos, Jennifer ganhou coragem para falar, e ainda bem que ela fez isso. A internet pode fazer as pessoas esquecerem que as fotografias de pessoas são geralmente de pessoas reais. Pessoas com sentimentos (e acesso à internet).

Ao tratá-las como objetos de ridicularização ao invés de seres humanos, nós podemos causar muito dano e dor. É ótimo que ela (assim como outras) tenha falado publicamente sobre como é ser a pessoa por trás de um meme viral e nos lembrar de olhar para os outros não com zombaria, mas com empatia! 

Fonte:

Daily Mail, Quora

Comentários

Também incrível