“Seja implacável!”: carta de jovem morrendo aos vivos.

Holly Butcher, uma jovem de Brisbane, em New South Wales (Austrália), tinha uma vida feliz, com família e amigos.

Porém, às vezes, temos menos tempo do que pensávamos para fazer tudo aquilo que queríamos. No caso de Holly, o tempo foi tirado dela quando foi diagnosticada com um Sarcoma de Ewing, um raro e fatal tumor ósseo. Aos 26 anos, a morte a olhou nos olhos, e ela usou o tempo restante para compartilhar uma mensagem importante com todos nós. 

Sua carta de despedida, que ela compartilhou em sua página no Facebook, é tão comovente quanto inteligente e vale cada segundo de leitura: 

"Conselhos de vida da Holly:

É estranho perceber e aceitar sua mortalidade aos 26 anos. É só uma coisa que você ignora. Os dias passam e você só espera que eles continuem vindo - até que o inesperado acontece. Eu sempre me imaginei envelhecendo, enrugada e grisalha, provavelmente por causa da linda família (muitas crianças) que planejei construir com o amor da minha vida. Eu quero isso tanto que dói.

Isso é a vida: é frágil, preciosa e imprevisível, e todo dia é um presente, não um direito. 

Eu tenho 27 anos agora. Eu não quero partir. Eu amo minha vida. Eu sou feliz... eu devo isso às pessoas que amo. Mas o controle não está em minhas mãos.

Eu não comecei esta 'mensagem antes de morrer' para que a morte seja temida. De fato, eu gosto do fato de que nós somos praticamente ignorantes quanto à sua inevitabilidade... exceto quando eu quero falar sobre isso e é considerado um 'tabu' que nunca acontecerá com qualquer um de nós. Isso tem sido um pouco difícil. Eu só quero que as pessoas parem de se preocupar com os pequenos e insignificantes estresses da vida e se lembrem que temos todos o mesmo destino no final, então faça o possível para que seu tempo valha a pena, sem as inutilidades.

Eu coloquei muitas das minhas reflexões abaixo, uma vez que tive muito tempo para ponderar sobre a vida nestes últimos meses. Claro que é no meio da noite que estas coisas aleatórias brotam mais na minha cabeça! 

Nos momentos em que você estiver reclamando sobre coisas ridículas (algo que notei muito neste últimos meses), simplesmente pense em alguém que está realmente enfrentando um problema. Seja agradecido pelos seus problemas pequenos e supere-os. Tudo bem reconhecer que algo é irritante, mas não tente continuar pensando nisso e afetar negativamente o dia de outras pessoas.

Quando fizer isso, vá lá para fora e respire um bom e fresco ar australiano para bem dentro de seus pulmões, veja como o céu é azul e como as árvores são verdes; é tão lindo. Pense em como você é sortudo por poder fazer apenas isso: respirar.

Talvez você tenha ficado preso no trânsito hoje, ou dormiu mal porque seus lindos bebês te mantiveram acordado, ou seu cabeleireiro cortou muito o seu cabelo. Suas novas unhas postiças quebraram, seus peitos são muito pequenos ou você tem celulite na bunda e sua barriga está grande.

Desapegue-se de tudo isso. Eu juro que você não estará pensando nessas coisas quando for a sua vez de partir. É tudo TÃO insignificante quando você olha para a vida como um todo. Eu estou vendo meu corpo se definhando bem na frente dos meus olhos e não há nada que eu possa fazer e tudo que gostaria é que eu pudesse ter mais um aniversário ou Natal com minha família, ou só mais um dia com meu namorado e meu cachorro. Só mais um.

Eu ouço pessoas reclamado sobre como o trabalho é terrível e como é difícil se exercitar - agradeça por fisicamente conseguir fazer isso. Trabalho e exercício podem parecer triviais... até seu corpo não aguentar fazer nenhum deles.

Eu tentei viver uma vida saudável, de fato, essa era provavelmente a minha maior paixão. Apreciar sua boa saúde e corpo funcionando - mesmo que não seja do seu tamanho ideal. Cuide dele e aprecie-o por ser extraordinário. Mova-o e alimente-o com comida fresca. Não fique obcecado com ele.  

Lembre-se de que há mais aspectos para uma boa saúde do que o corpo físico. Trabalhe tanto quanto para encontrar sua felicidade mental, emocional e espiritual também. Dessa forma, você pode perceber o quão insignificante e sem importância esse corpo perfeito retratado nas redes sociais realmente é. Por falar nisso, delete qualquer conta que apareça na sua linha do tempo e que te dê qualquer sensação de se sentir mal consigo mesmo. Seja implacável pelo seu próprio bem.

Seja grato por cada dia que você não tem dor e até mesmo pelos dias em que você está mal com uma gripe, dor nas costas ou com o tornozelo torcido. Aceite que é uma merda, mas seja grato por não ser fatal e irá sarar.

Reclame menos, gente! E ajude mais o próximo. 

Dê, dê, dê. É verdade que você fica mais feliz fazendo coisas para os outros do que para você mesmo. Eu queria ter feito isso mais. Desde que fiquei doente, eu conheci as pessoas mais incrivelmente generosas e gentis e recebi as palavras mais emocionantes e amáveis de apoio de minha família, amigos e estranhos. Mais do que eu jamais poderei dar de volta. Eu jamais me esquecerei disso e sempre serei grata a todas essas pessoas.

É algo estranho ter dinheiro para gastar no final... quando você está morrendo. Não é um momento em que você sai e compra coisas materiais que geralmente compraria, como um vestido novo. Isso faz você pensar como é idiota pensar que vale a pena gastar tanto dinheiro em roupas novas e 'coisas' em nossas vidas.

Compre algo para seu amigo ao invés de outro vestido, produtos de beleza ou joias para aquele próximo casamento. 1. Ninguém liga se você usar a mesma coisa duas vezes; 2. Você se sente bem. Leve alguém para comer com você ou, melhor ainda, cozinhe alguma coisa para ele. Pague-lhe um café. Dê/compre uma planta, uma massagem ou uma vela para ele e diga que o ama quando lhe der.

Valorize o tempo das outras pessoas. Não as faça esperar porque você é péssimo em ser pontual. Fique pronto mais cedo se você é uma dessas pessoas e aprecie o fato de que seus amigos querem compartilhar o tempo deles com você, e não sentar sozinhos esperando por alguém. Você também ganhará respeito! Amém.

Neste ano, nossa família concordou em não dar presentes e, apesar da árvore de Natal parecer bem triste e vazia (eu quase chorei na noite de Natal), foi tão bom, porque não tivemos a pressão de ir às compras, e o esforço foi concentrado em escrever algo bonito em um cartão para a outra pessoa. Além disso, imagine minha família tentando comprar um presente para mim sabendo que ela provavelmente acabaria ficando com ele... bizarro! Pode parecer chato, mas esses cartões significam mais para mim do que qualquer compra por impulso. Note que foi bem mais fácil fazer isso em nossa casa por não termos crianças pequenas. De qualquer forma, moral da história: presentes não são necessários para se ter um Natal significativo. Seguindo em frente.

Gaste seu dinheiro em experiências. Ou pelo menos não perca experiências porque você gastou todo seu dinheiro em porcarias materiais.

Esforce-se para fazer aquela viagem à praia que você adia constantemente. Afunde seus pés na água e seus tornozelos na areia. Molhe sua cara com água salgada.

Fique no meio da natureza.

Tente apreciar e estar nos momentos ao invés de capturá-los pela tela do seu telefone. A vida não foi feita para ser vivida por uma tela, nem para capturar a foto perfeita... aproveite o maldito momento, gente! Pare de tentar capturá-lo para as outras pessoas.

Pergunta retórica aleatória. Todas essas horas que você tem gastado fazendo cabelo e maquiagem todo dia ou para sair por uma noite valem realmente a pena? Eu nunca entendi isso sobre as mulheres.

Acorde cedo às vezes e escute os pássaros enquanto assiste as cores lindas do nascer do sol.

Escute música... realmente ouça. Música é terapia. As mais antigas são as melhores.

Abrace seu cachorro. De longe, é o que eu vou sentir falta.

Converse com os seus amigos. Guarde o telefone. Eles estão bem?

Viaje se for da sua vontade, não viaje se não for.

Trabalhe para viver, não viva para trabalhar.

Sério, faça o que te deixa feliz.

Coma bolo. Zero de culpa.

Diga não às coisas que você realmente não quer fazer.

Não se sinta pressionado a fazer o que os outros pensam ser uma vida satisfatória, talvez você queira ter uma vida medíocre e está tudo bem.

Diga a quem você ama que os ama sempre que tiver a chance e os ame com tudo o que tiver em você.

E também, lembre-se que se algo te fizer infeliz, você tem o poder para mudar - no trabalho ou no amor, ou no que quer que seja. Tenha coragem para mudar. Você não sabe quanto tempo te resta na Terra, então não o desperdice sendo infeliz. Eu sei que dizem isso o tempo todo, mas não poderia ser mais verdadeiro.

Enfim, estes são apenas os conselhos de vida de uma garota. Pegue ou largue, eu não me importo!

Ah e mais uma coisa, se você puder, faça algo de bom pela humanidade (e por mim) e comece a doar sangue regularmente. Isso fará você se sentir bem, com o bônus de estar salvando vidas. Eu sinto que isso é algo que passa muito batido, considerando que cada doação salva 3 vidas! Isso é um impacto gigante que cada pessoa pode causar e o processo é muito simples.

A doação de sangue (mais bolsas do que eu pude contar) me ajudou a viver mais um ano - um ano que eu serei eternamente grata por ter passado aqui na Terra com minha família, amigos e cachorro. Um ano em que eu tive alguns dos melhores momentos da minha vida.

Até nos encontrarmos de novo.

Hol

Xoxo"

No dia 4 de janeiro de 2018, apenas um dia depois de Holly ter divulgado sua carta, ela faleceu, cercada por sua família. Suas palavras nos fazem refletir sobre o que é realmente importante na vida - e como cada minuto dela é impagável. 

Fonte:

Buzzfeed

Comentários

Também incrível