Filhotes torturados com elásticos de cabelo descobertos após quebra de cano

O rompimento de um cano de água é um pesadelo para a maioria dos proprietários: em questão de segundos, todo o apartamento fica cheio de água, os móveis estão arruinados e, na pior das hipóteses, a alvenaria também está danificada. Mas isso não é nada comparado à terrível descoberta que um encanador fez ao reparar um cano quebrado em Wichita (Kansas, EUA).

Quando o profissional entrou no apartamento, sentiu logo um cheiro estranho e intenso. Em busca de sua origem, ele encontrou uma caixa de plástico com dois filhotes em um canto escuro da sala.

Os animais estavam sentados no meio de suas próprias fezes. Eles estavam visivelmente fracos e não fizeram barulho. Quando o encanador acendeu uma lanterna, ele entendeu motivo: alguém os havia silenciado cruelmente amarrando a boca deles. O encanador ficou horrorizado e chamou uma organização de proteção animal.

Quando Sarah Coffmann, chefe da organização Wichita Animal Action League entrou no apartamento, ficou chocada.

“Nunca vi uma cena tão terrível e quase desmaiei”, lembra ela. Seu horror aumentou quando descobriu o que estava amarrando a boca dos filhotes.

"A princípio, pensamos que suas bocas estavam enroladas com arame porque era muito apertado", diz Sarah. "Mas quando finalmente os levamos ao veterinário e conseguimos mantê-los quietos e examiná-los, vimos que eram pequenos elásticos usados para o cabelo, com um diâmetro que não era maior que o meu polegar."

Youtube/Inside Edition

O veterinário suspeita que a boca dos filhotes deva ter ficado amarrada entre 12 e 24 horas. Quando ele removeu os elásticos com um alicate e o sangue voltou a circular normalmente no focinho desses pobres cachorros, eles uivaram e latiram de dor. Alguns dos ativistas dos direitos dos animais presentes não conseguiram conter as lágrimas perante cena de partir o coração.

Youtube/Inside Edition

O resgate realmente chegou no último minuto: um pouco mais e os elásticos poderiam ter deixado danos permanentes ou talvez até provocar a morte do cãezinhos. Mas graças à ação rápida e decisiva do resgate, Westley e Debbie logo se recuperaram.

Os irmãos ganharam uma família adotiva e os dois brincaram e se abraçaram, de modo que os tormentos que haviam sofrido pareciam ter desaparecido. Sarah ficou surpresa e aliviada por Westley e Debbie se recuperarem tão rapidamente após a cruel tortura.

No vídeo em seguida você pode ver a operação de resgate:

Os filhotes devem suas vidas a um cano de água quebrado. Imagine o que teria acontecido se os dois não tivessem sido encontrados. Chocada com a descoberta do pesadelo, Sarah escreveu no Facebook: "Para todos os donos de animais: se você está sobrecarregado, peça ajuda e não recorra a esses meios."

Esperamos que o alerta seja levado com seriedade por todos. Nenhum animal merece sofrer!

Fonte:

The Dodo

Comentários

Também incrível