Artigos de couro de uma loja ficam mofados durante o confinamento

Para retardar a propagação do COVID-19 e conter a doença, medidas drásticas foram tomadas. Em muitos países, a maioria das lojas teve que fechar suas portas por tempo indeterminado e os produtos só podem ser comprados online. Somente supermercados e farmácias podem - e precisam - permanecer abertos.

As lojas que vendem roupas e acessórios não são essenciais para a sobrevivência e, portanto, precisam fechar as portas. Isso significa que mercadorias ficam intocadas por semanas. Essas medidas causaram problemas imprevistos em uma loja de artigos de couro e acessórios em um shopping em Sabah, Malásia.

A loja de couro ficou fechada por 53 dias. Todas as portas estavam trancadas e todos os aparelhos desligados, incluindo o ar condicionado. Quando as restrições por lá foram finalmente afrouxadas e os donos e funcionários abriram as portas (em maio), uma surpresa desagradável os aguardava.

Bolsas, sapatos, cintos e outros artigos em couro estavam cobertos por uma densa camada de mofo.  

A falta de ventilação, junto com a elevada umidade, arruinaram completamente os objetos.

As fotos das bolsas e sapatos espalharam-se rapidamente pela Internet. Quem as viu comentou sobre a extensão da devastação com uma mistura de consternação e fascínio.

Esperamos que os donos e funcionários da loja consigam superar essa perda e não sofram danos financeiros muito graves. 

Imagem de destaque do artigo: © Facebook/Nex Nezeum

Fonte:

Bored Panda,

Foto de destaque do artigo: © Facebook/Nex Nezeum

Comentários

Também incrível