Uma casa debaixo da terra: casal vive em um esgoto há 22 anos.

Miguel Restrepo e María García vivem em Medellín, na Colômbia. Eles se conheceram nas ruas da cidade, quando ambos estavam envolvidos com drogas e não tinham onde viver. A ponto de se darem por vencidos e morrer de fome e frio, o encontro dos dois os fez lutar para vencer os vícios e buscar uma vida melhor juntos. O refúgio que encontraram para começar essa melhora de vida? Um esgoto. 

Hoje, 22 anos depois da primeira vez que entraram ali, Miguel e María continuam vivendo nesse esgoto que encontraram abandonado e sem uso, em um bairro industrial da cidade colombiana. E eles não pretendem sair dali, apesar de já terem recebido ofertas para se mudarem para um lugar mais confortável. 

 

A casa curiosa mede 6 metros quadrados e não podem sequer se levantar no interior, pois eu teto mede apenas 1,40 m. Mas não pense que o pequeno espaço não está bem aproveitado. Em seu interior, Miguel e María conseguiram colocar um armário uma cama e uma pequena cozinha. Além disso, o casal também conta com um ventilador, que os ajuda a ficar mais confortáveis durante os quentes dias de verão, um rádio e uma televisão. Eles não têm ducha, mas se limpam usando baldes de água. 

Ainda que saibam que a casa é bem diferente, Miguel e María são muito felizes vivendo ali, acompanhados de seu cachorrinho Blackie. Eles têm tudo o que precisam, que é pouco. Incluindo um pequeno jardim ao lado da entrada da casa, com flores e até uma árvore de Natal. De vez em quando, eles a decoram e dão um toque de luz ao jardim! 

A verdade é que, ainda que María e Miguel estejam satisfeitos com sua vida, há dias que são muito difíceis. O casal vive há tempos da caridade dos vizinhos, que sempre foram muito amáveis e compreensivos. Isso porque Miguel teve de deixar seu trabalho como catador de lixo por causa de uma doença nos pulmões. Ainda que consiga um pouco de dinheiro ajudando a estacionar carros, ele confessa que há dias que não tem nada para comer. 

Apesar de tudo, Miguel afirma que vive "melhor que o presidente". Neste vídeo, você pode escutá-lo falando de sua vida e mostrando sua casa e seu jardim (em espanhol): 

Sem dúvidas, sua vida não é muito confortável, mas por terem se encontrado nas ruas e descoberto o pequeno refúgio, Miguel e María foram capazes de mudar suas vidas. Quando você encontra alguém que te apoia e acompanha, todo o resto é secundário. 

Fonte:

ntd.tv

Comentários

Também incrível