‘Marca de nascença’ rara faz bebê ter aparência especial.

Logo à primeira vista já dá para saber que Brianna Worthy e a pequena MilliAnna são mãe e filha. As duas têm algumas mechas brancas no meio das pretas. O motivo dessa poliose, que é o descoramento prematuro dos pelos, é um distúrbio na pigmentação.  

Facebook/Brianna Worthy

Nesta família da Carolina do Sul (EUA), é uma condição que passa de geração a geração entre as mulheres. A avó de Brianna já tinha uma mecha branca. 

Pinterest

Quando Brianna ficou grávida aos 23 anos, ela esperava que sua filha pudesse levar a tradição família adiante - e foi o que aconteceu. A primeira coisa que viram quando a cabeça do bebê apareceu foi uma mecha clara no meio dos cabelos escuros. 

Instagram/Notinotas

"Minha irmã mais nova não tem uma mecha branca, por isso eu não estava certa de que MilliAnna a teria", relembra a jovem mãe. "Mas assim que a colocaram em meu colo, eu a vi e fiquei muito feliz."

Pinterest

Cerca de 18 meses se passaram e a garotinha está ainda mais encantadora! Porém, a mãe sabe por experiência própria que nem todas as pessoas reagem positivamente aos cabelos da garotinha, e não só a encaram, como também tecem comentários maldosos. 

Facebook/Brianna Worthy

"Eu queria criar minha filha de forma que ela saiba o quão linda e especial ela é e que não deve dar ouvidos aos comentários estúpidos das pessoas", diz a norte-americana. "Por toda a minha vida eu encarei a condição como uma marca de nascença. Eu cresci e aprendi a amar meu cabelo. Eu era autoconfiante, uma vez que tinha minha marca registrada."

Facebook/Brianna Worthy

E é isso que Brianna também quer ensinar à sua filha. Enquanto isso, a jovem mulher já espera seu segundo bebê, que também é uma menina. E toda a família já está curiosa para saber a cor do cabelo do futuro parente! 

Comentários

Também incrível