12 pessoas contam como foram ajudadas numa emergência

Quase todo mundo já ajudou uma senhora idosa atravessar a rua, por exemplo. Mas quem já abandonou o voo para um estranho poder passar o Natal com a família? Ou tentou dissuadir uma pessoa desesperada de se ferir ou pôr fim à própria vida? Os seguintes bons samaritanos fizeram isso. Eles ajudaram alguém em necessidade por pura compaixão. Essas memórias viverão para sempre no coração daqueles que encontraram a ajuda dessas almas boas.

1. @krausesuzy: "Quando eu estava grávida de 8 meses, escorreguei em um pouco de neve e desmaiei. Quando eu acordei havia uma multidão de estranhos ao meu redor, todos sem casacos (era dezembro, inverno no Canadá). Os casacos deles, eu percebi, estavam todos em cima de mim, exceto o que estava embaixo da minha cabeça."

540177_pregnant_woman

2. @Ali_Davis: "Minha mãe concordou que eu tinha idade suficiente para ir sozinha à mercearia (cidade pequena). Eu tinha o que achava suficiente para comprar uma revista. Foi tão assustador quando cheguei ao caixa e ela disse que o dinheiro não dava. Uma velhinha me deu um centavo e eu gostaria que ela soubesse que eu nunca esqueci isso."

3. @emmabo: "Fui a uma loja de feitiçaria no meu 21º aniversário e conversei com o proprietário sobre como eu estava me sentindo inadequada. Quando saí, uma mulher se aproximou, pediu desculpas por ouvir a conversa e colocou um pedaço de quartzo rosa na minha mão. 'Eu sei que você pensa que é um fracasso', disse ela, 'mas você não é.' Ela disse que me comprou o quartzo para que eu me lembrasse disso, e que um estranho acreditava em mim o suficiente para me dar aquilo, para que eu aprendesse a acreditar em mim mesma. Eu apenas chorei porque realmente me sentia um fracasso. 17 anos depois, esse quartzo ainda está na minha bolsa todos os dias."

4.@SusieMadrak: "Eu era uma mãe solteira, sem emprego e realmente passando por dificuldades econômicas. Então meu carro quebrou. Uma amiga de um amigo ouviu falar de mim e me deu um carro, um Ford Escort. Ela me salvou. Eu nunca vou te esquecer, Marilyn."

Ford Escort

5.@MeResisting: "Tive 1 dia para iniciar a fertilização in vitro sem aviso prévio devido ao diagnóstico agressivo de câncer. O preço em um hospital privado: US $ 10.000; o médico fez uma ligação para o hospital público; me internei no mesmo dia. Todos os enfermeiros ficaram até tarde para iniciar meu tratamento. Preço: basicamente grátis. Ganhei dois óvulos e, 3 anos e meio depois, tive minha filha."

6. @LadyHawkins: "Quando eu tinha 14 anos, meu pai teve um aneurisma. Eu estava em casa sozinha com ele, sem telefones celulares, então não pude entrar em contato com minha mãe. No hospital, eu estava na sala de espera chorando quando uma mulher se aproximou e me entregou um monte de moedas para usar o telefone. Certeza de que ela era um anjo."

7. @kvknowsherfun: "Duas garotas muito gentis viram que eu estava bêbada e sozinha no metrô na noite de réveillon. Elas desceram do trem comigo, me levaram para casa, me deram um copo grande de água e me colocaram na cama. Elas até passearam com meu cachorro antes de irem embora."

Metro

8. @oujen99: "Eu fiquei destroçada com um término de namoro na noite anterior a um voo. Um homem gentil da idade do meu pai estava sentado ao meu lado e teve que lidar comigo chorando o voo inteiro. Quando pousamos, ele me disse baixinho: 'Não sei o que você está passando, mas espero que encontre paz'".

9. @courtenlow: "Eu estava no supermercado quando estava grávida do meu filho que hoje tem 6 anos. Eu sou baixa e tinha uma barriga ENORME, então as pessoas estavam constantemente me parando para dizer coisas como 'você está prestes a parir!' que foi precisamente o que essa senhora fez, e quando eu disse que ainda tinha 6 meses de gravidez pela frente, ela ficou horrorizada. 'Oh meu Deus, eu NUNCA fiquei grande assim.' Uma outra mulher literalmente colocou seu carrinho entre nós duas, me olhou nos olhos e disse: 'Eu acho que você está ótima.' Então olhou para a mulher e se afastou."

10. @nnuglig: "Quando eu tinha cerca de 4/5 meses de gravidez, estava olhando (de todas as coisas) calcinhas de maternidade em um dia quente de maio. De repente, caí. Acordei segurando um par de enormes calcinhas bege, depois de cair em uma grade de calcinhas semelhantes, e cercada por... (principalmente) senhoras mais velhas que trabalhavam na loja. Eles me ajudaram a levantar, me desembaraçaram do mostruário de calcinhas, me levaram a um café e me compraram chá e bolinho. Fiquei morta de vergonha, mas muito comovida."

cafe

11. @TweetChizone: "Meu Deus, eu não consigo contar essa história sem chorar. Eu era gerente uma livraria LGBT, quando as livrarias ainda estavam na moda. Uma noite, um cliente ligou para a loja, disse que achava que era gay e que está considerando se mutilar. Nós não éramos um centro de ajuda! Mas enquanto estivéssemos conversando, ele estava a salvo, não é mesmo? Então eu conversei com esse cara e respondi perguntas; tentei ser encorajador e desesperado ao mesmo tempo, e certamente estava ignorando outros 4-5 clientes da loja, e esse anjo de mulher coloca a mão dela no meu ombro e pede para eu lhe dar o telefone. "Minha vez", diz ela. E ELA, essa lésbica de 50 e poucos anos falou com esse estranho por telefone. E uma FILA DE PESSOAS SE FORMOU ATRÁS DELA. Todo cliente naquela sabe conhece essa ligação, conhece esse sentimento e todo mundo acabou conversando com aquele homem. Essa história me conforta muito até hoje."

12. @twoscooters: "Quando eu era casada com meu primeiro marido, minha filha um ano e era Natal, eu estava voando de Delta (Cia aérea), de Montgomery - AL para Columbus - OH (EUA). Eu estava cansada, deprimida e acabada emocionalmente. Os voos foram adiados devido à neve e depois cancelados. Acabamos sentados ao redor do portão de embarque compartilhando histórias tristes. Um cara estava no exército e recebeu licença para ir para casa no Natal para ver sua filhinha. Conversamos e ele foi muito gentil. Depois, os anúncios: um monte de gente conseguiu lugar para o próximo voo, mas eu não. Minha filha, cansada, estava chorando; eu segurei a onda e quase chorei com ela. Então o representante da companhia aérea chamou meu nome e me deu uma passagem. O cara do exército desistiu do voo por mim. Tentei insistir para que ele aceitasse e fosse ver sua família: 'Qualquer marido militar faria o mesmo por minha esposa.'"

Köln Bonn Airport

Realmente comovente! Que bom que sempre existem pessoas boas que ajudam em situações de emergência. Você encontra mais histórias emocionantes nesta lista:

Imagem de destaque do artigo: ©/Dr Dawn Tames/Flickr

Fonte:

boredpanda,

Imagem de destaque do artigo: ©/Dr Dawn Tames/Flickr

Comentários

Também incrível