“Menina mais peluda do mundo” raspa pelos após se casar.

Com apenas 10 anos, a tailandesa Supatra Sasuphan já tinha sua marca registrada no Livro Guinness dos Recordes como a "menina mais peluda do mundo". A menina de Bangkok sofria de hipertricose (também conhecida como "síndrome do lobisomem"). Essa doença leva ao crescimento extremo dos pelos em todo o corpo, principalmente de pelos sedosos na face, que ficam cada vez mais grossos com o passar do tempo. Desde a Idade Média, apenas 50 casos foram documentados, e os afetados costumavam ser expostos em feiras. Supatra, por sua vez, também já estava acostumada a ser frequentemente encarada por olhares curiosos.

"Cara de macaco" e "Chewbacca": era assim que a criança costumava ser chamada pelos colegas de escola. No entanto, sua entrada no Livro Guinness dos Recordes 2010 fez com que ela se tornasse uma menina popular. "Ser peluda me fez ser algo especial", dizia ela, na época com 10 anos. "Eu já me acostumei com a doença. Só às vezes é difícil enxergar quando o pelo cresce muito."

Por isso, sua mãe já raspou várias vezes os seus pelos faciais. Uma cirurgia a laser não funcionou com Supatra, uma vez que seu pelo voltou a crescer - e ainda mais grosso. Ainda mais surpreendentes são as fotos da menina, hoje com 17 anos. 

Imgur/trakla

Em suas novas fotos no Facebook, a jovem se apresentou com um rosto sem pelos! Supatra libertou seu rosto com um barbeador - tudo por amor. O jovem chamado Nat, com quem ela se casou, queria vê-la por trás dos pelos. 

No entanto, a mulher tailandesa enfatiza que isso foi feito por vontade própria, e que seu marido não lhe pediu para dar esse passo: "Ele me ama como eu sou. Por amor, mostrei o meu rosto sem meus muitos pelos. Mas ele gosta de mim como Deus me criou. Obrigado, Nat. Você não é apenas meu primeiro amigo, você é o amor da minha vida ".

A jovem, antes "a menina mais peluda do mundo", parece ter encontrado a felicidade. E com alguém que a viu além de sua aparência e se apaixonou pela pessoa que ela realmente é. 

Fonte:

Unilad, Express

Comentários

Também incrível