Voluntários removem mais de 2kg de pelo de animal negligenciado.

Infelizmente, essa é uma situação comum em um mundo com tantos idosos isolados: se alguém fica muito velho para tomar conta de si mesmo, mas não há ninguém por perto para ajudá-lo, o que acontece com essa pessoa idosa? E o que acontece com o seus animais de estimação? 

Uma organização de proteção animal em Chicago (EUA) recebeu uma ligação de um encanador que tinha visto algo. Um voluntário da Anti-Cruelty Society (Sociedade Anti-Crueldade) correu para o local, uma casa no sul de Chicago, cujo dono idoso não conseguia mais tomar conta de si mesmo. E no seu porão havia uma criatura da qual ninguém estava cuidando. 

A princípio, parecia uma pilha de cabelos sem forma. Não estava claro que tipo de animal estava debaixo daquela bagunça até que o voluntário viu rapidamente uma carinha doce e engraçada: era um gato persa. Ver o animal tão mal cuidado quase o levou às lágrimas. 

Ele pegou a pobre criatura, o levou para a sede deles e todos se juntaram em volta. Sinbad, como foi chamado, precisava urgentemente de cuidados. Primeiro veio o corte de cabelo. Durante a limpeza, eles removeram quase 2,5 kg de pelos emaranhados. 

Facebook/WGN Morning News

Facebook/WGN Morning News

Agora que seu peso tinha sido cortado pela metade, o gato podia finalmente se movimentar livremente - ou pelo menos eram o que eles tinham pensado. 

Mas logo ficou claro que algo muito pior tinha acontecido. O gato de nove anos tinha sido negligenciado e se enrolado em pelos por tanto tempo que seus músculos tinham atrofiado. Elliot Serrano, da organização de proteção animal, explicou como eles lidaram com isso: "Nós tivemos que forçá-lo a comer por um tempo para garantir que seu sistema digestivo continuasse funcionando e não machucasse seus rins."

Então, em pouco tempo, Sinbad começou a se recuperar. Gradualmente, ele ganhou forças, voltou a crescer seu pelo macio e bonito, e reaprendeu a andar. Elliot concordou em levar Sinbad para casa durante as férias para que o gato não ficasse totalmente sozinho no escritório da organização e rapidamente se apaixonou por ele. 

"Eu estou simplesmente impressionado como ele simplesmente ama pessoas, mesmo que as pessoas nem sempre o tenham tratado muito bem", ele conta. "É uma lição que todos podemos aprender."

Depois de compartilhar a história de Sinbad nas redes sociais, Elliot percebeu que muitas pessoas amavam ouvir sobre o gato e que talvez ele devesse oferecer mais: agora, Sinbad tem sua própria conta no Instagram, cheia de fotos adoráveis!

Confira esta reportagem tocante e engraçada de um noticiário local sobre o resgate de Sinbad (em inglês): 

Finalmente, o gato Sinbad terá a vida normal em um lar onde ele é amado e apreciado!  

Fonte:

Boredpanda

Comentários

Também incrível