Insano: mulher larga emprego para amamentar o namorado.

Beijos carinhosos, cafuné e abraços apertados são maneiras comuns que os casais têm de demonstrar afeição pela pessoa amada. Mas para Jennifer Mulford e seu namorado Brad Leeson, ambos de Atlanta, nos EUA, as coisas são um pouco diferentes. Isso porque o relacionamento deles tem um toque bastante, digamos, único: como parte do ritual de amor deles, Jennifer amamenta Brad a cada duas horas!

"É um laço natural entre homem e mulher... não existe nada mais relaxante do que amamentá-lo, nada mesmo", explica Jennifer. Quando ela finalmente encontrou alguém interessado nesse tipo de atividade, ela soube que havia encontrado a pessoa com quem ela poderia passar o resto de sua vida.

E Jennifer procurou muito. Ela realmente fez de tudo para encontrar um homem que tivesse interesse em amamentação e ficou extasiada quando conheceu Brad. Para ele o benefício é duplo: ele gosta pela intimidade e, sendo bodybuilder, ele recebe proteína extra para o desenvolvimento de seus músculos.

YouTube/Hollywood Scanner

Jennifer foi mãe há 20 anos, mas não teve outra gravidez, então seus seios não produziam leite em circunstâncias normais. Mas se os mamilos de uma mulher forem estimulados com frequência, isso por levar à produção de leite mesmo que a mulher não seja gestante. Isso é chamado de lactação induzida.

Mas para manter a estimulação frequente e o fluxo de leite, Jennifer e Brad devem ter relações íntimas a cada duas/três horas. Isso era quase impossível com o trabalho de Jennifer como empregada de bar, então ela arrumou uma solução: pedir demissão! Agora ela está sempre disponível para amamentar Brad a cada duas horas. Ela ainda serve drinks, mas para uma clientela mais exclusiva...

Para a maioria das pessoas, o relacionamento de Jennifer e Brad é provavelmente difícil de entender, e alguns podem até achar... um pouco nojento. Mas no final das contas, o relacionamento é deles e o que eles fazem à porta fechada não é da conta de ninguém. E, pelo que parece, ambos estão felizes com a relação e não a trocariam por nada.

É como dizem: cada um com seu cada um.

Fonte:

YouTube, cronica

Comentários

Também incrível