Homem com deficiência supera dificuldades e encontra o amor verdadeiro.

Quando Gregori Prutow nasceu, seus pais estavam super animados. O segundo filho do casal era um bebê grande e lindo, uma adição muito bem-vinda ao seu lar alegre em Vladivostok, na Rússia. Apesar de acordar com dores nas costas em algumas noites, o pequeno Gregori parecia ser perfeitamente saudável.  

Mas a situação logo mudou drasticamente. Quando os pais de Gregori o levaram ao médico, eles ficaram chocados com o diagnóstico: Gregori sofria de atrofia muscular, e a condição estava fazendo com que os músculos ao redor de sua espinha definhassem. O prognóstico era horrível: a criança logo precisaria de cuidado constante e provavelmente viveria apenas mais quatro ou cinco anos. 

No entanto, os pais de Gregori não iriam desistir do filho. Eles estavam determinados a fazer o que pudessem para mantê-lo vivo e passaram anos procurando por tratamentos e cura. Apesar de todos os esforços, as esperanças pareciam ser pequenas: Gregori parou de crescer, seus músculos perderam o vigor e em pouco tempo ele não conseguia mais andar. 

Com o passar dos anos, o prognóstico original mostrou-se errado, e Gregory continuava vivo. Ele fez 10 anos, depois 15, e, apesar de pesar apenas 20 kg, ele conseguiu celebrar o seu 20º aniversário. Mas a vida de Gregori não era fácil. Ele passava a maior parte do tempo em casa, incapaz de mover seu corpo. A internet era sua única conexão com o mundo exterior. 

Gregori era solitário, mas também preferia ficar em casa, uma vez que era alvo de olhares rudes e de nojo quando se aventurava fora de casa. Sua casa era um lugar seguro, onde ele poderia pelo menos viver algo perto de uma vida normal. Gregori estava contente, mas sentia que uma coisa muito importante estava faltando: uma mulher com quem ele pudesse compartilhar sua vida.    

Um dia, Gregori decidiu expressar sua solidão e frustração postando esta mensagem na internet:

"Dói pensar em todas as coisas que eu jamais poderei ter... Eu não posso experienciar o mundo em toda a sua beleza. Eu não posso nadar no rio ou no oceano. Eu não posso correr pela grama sem dor. Eu não posso ajudar meus amigos a carregar coisas.

Eu não posso cuidar das pessoas que amo. Eu não posso fazê-las feliz... e eu nunca saberei como é ser amado, como é sentir quando alguém te quer, quando alguém está com inveja ou orgulhoso em te apresentar. Eu nunca saberei como é abraçar alguém que eu amo, protegê-la, dançar com ela, dar-lhe flores ou lhe fazer um presente. 

Eu nunca serei capaz de criar um filho ou uma filha. Eu nunca esperarei na maternidade com um buquê de rosas e gritarei: 'Eu te amo!'. Eu nunca terei um casamento lindo e carregarei minha noiva nos meus braços." 

O jovem não tinha ideia de que sua vida mudaria drasticamente dois meses depois. Tudo começou com uma conversa online inofensiva com uma jovem do Casaquistão chamada Anna. Os dois tinham muito em comum: ambos eram perdidamente românticos e amavam arte e literatura. Gregori logo notou que tinha sentimentos profundos por Anna, e parecia que ela sentia o mesmo. Mas Gregori não ousava alimentar esperanças de que aquele relacionamento poderia se tornar algo sério.  

Gregori passou semanas debatendo consigo mesmo sobre contar ou não sobre os seus sentimentos para Anna, o que também significava revelar a verdade sobre sua saúde. Finalmente, o jovem encontrou a coragem para declarar seu amor e lhe mandou uma foto de si mesmo. Então, veio a resposta surpreendente de Anna: ela queria visitá-lo! Pouco tempo depois, ela fez a viagem de 3000 km até Vladivostok! 

Então, algo ainda mais surpreendente aconteceu: Gregori e Anna se apaixonaram e decidiram se casar. Eles fizeram uma cerimônia pequena e modesta, mas, quando a mídia soube da história, ela se tornou uma sensação nacional. A maioria das pessoas não conseguia entender por que uma mulher jovem e linda como Anna queria se casar com Gregori - ele sequer era rico! Muitos achavam que Anna era simplesmente louca. 

Mas Anna e Gregori estavam apaixonados e não sentiam necessidade de se justificarem para o resto do mundo. A coragem deles impressionou milhares de pessoas, que respeitaram o jovem casal por manterem-se verdadeiros com seus sentimentos e não deixarem a pressão social ficar entre eles e seu amor. 

Anna e Gregori têm inspirado pessoas do mundo todo com suas fotos maravilhosas e vídeos engraçados que incluem uma grande dose de ironia. É óbvio que eles encontraram o amor verdadeiro e não têm medo de mostrar isso. Só podemos esperar que eles tenham uma vida longa e feliz juntos! 

Fonte:

nnd.name

Comentários

Também incrível