Vítima de assassinato ajuda a resolver o caso de sua própria morte.

A história a seguir é umas das mais assustadoras de sempre: é a história de vida e morte de Elva Zona Heaster Shue, de Greenbrier County, no oeste da Virginia (EUA). Ela nasceu no ano de 1876.

Não se sabe sobre sua vida, só que ela pode ter tido um filho bastardo em 1895. No ano seguinte, ela conheceu um andarilho chamado Edward Stribbling Trout Shue e se apaixonou, apesar da desaprovação de sua mãe. 

pinterest

Zona jogou os avisos pela janela (pelo menos os avisos de sua mãe) e se casou com Shue. Ele queria iniciar uma nova vida com ela.

Um dia, no início de 1897, Edward mandou um jovem ajudante para a casa em que o casal vivia. O menino encontrou Zona caída aos pés da escada da casa, aparentando não ter nenhum sinal de vida. Atordoado, ele correu para encontrar a mãe dela, que foi direto ao médico local, George W. Knapp. Quando o médico entrou na casa uma hora depois, ele encontrou Edward lá. Edward já havia carregado o corpo da mulher para o quarto, colocado um vestido de gola alta nela e um véu em sua face. No certificado de óbito constava "desmaio eterno" como sendo a causa da morte.

A mãe de Zona, Mary Jane Heaster, não conseguia deixar a morte da filha de lado. Ela começou a rezar. De acordo com a lenda, um mês depois do enterro de Zona, seu fantasma apareceu para Mary. Foi dito que o espírito entrou no quarto de Mary como uma luz amarelada e depois se transformou na figura de Zona. A aparição revelou à mãe que ela havia sido brutalmente agredida pelo marido, e que uma noite, quando ela não tinha cozinhado o que ele queria, ele havia quebrado seu pescoço. Para provar isso para a mãe, foi dito que a cabeça do fantasma girou uma vez.

No dia seguinte Mary foi à polícia e contou aos oficiais sobre a aparição. Apesar de atualmente alguém mal imaginar a ideia de abrir uma investigação de assassinato por causa do depoimento de um fantasma, naquela época isso não era de todo um caso incomum. Quando eles perguntaram ao Dr. Knapp, ele admitiu que não havia completado o exame de Zona. Edward havia estado presente e o médico não quis entristecer mais o marido de luto. O cadáver de Zona foi exumado e uma autópsia apropriada foi feita. Dessa vez eles puderam estabelecer a verdadeira causa da morte: um pescoço quebrado devido a trauma contundente infligido por outra pessoa. Em outras palavras: estrangulamento.

Edward foi preso. Enquanto estava na prisão, eles descobriram que Zona havia sido sua terceira esposa. A primeira havia se divorciado dele por ele ter sido cruel com ela. A segunda morreu em circunstâncias misteriosas. Edward chegou a dizer que ele queria ter sete esposas durante a vida. Ele foi culpado por assassinato e morreu na prisão da Pensilvânia por causa de uma doença. O fantasma de Zona nunca mais foi visto novamente, e sua mãe pôde, enfim, descansar.

Independente se você acredita em fantasmas, essa história assusta qualquer um...

Comentários

Também incrível