18 problemas que só existiam na década de 90.

Boybands, diskmans e as primeiras conexões de internet - os anos noventa foram um tempo louco durante o qual muitos adolescentes usavam lipgloss, sapatos de plataforma e deliravam com o mais recente CD dos Backstreet Boys. Internet rápida e comunicação sem complicações ainda não era uma realidade naquela década.

Os "filhos dos anos 90" também sabem bem o que é estar perto de uma crise nervosa, por exemplo, quando a mãe queria fazer ligações telefônicas enquanto eles navegava na internet.

1. Naquela época, a maioria dos telefones ainda tinha cabos em que alguém gostava de ficar emaranhado.

2. E para ligar para seus amigos, você tinha de procurar o número em uma lista de telefone bem longa.

pinliste

3. Navis só estava disponível em papel.

4. Isso arruinou pelo menos três dos meus filmes favoritos!

5. Naquela época, você ainda precisava sair de casa para pegar um filme.

6. Tentando reviver cartuchos de games.

pinnintendo

7. "39 anos": meus netos testemunharão o fim do processo de armazenamento.

8. A ansiedade de ter de esperar para ver como ficaram as fotos.

pinkamera

9. Encontrando o CD certo para ouvir uma música em particular...

10. .... e depois perceber que o CD está riscado e não funciona mais.

11. A luta constante com o Diskman, que não cabia no bolso, já para não falar na quantidade de vezes em que o CD travava...

pindiskman

12. "Sem espaço para novas mensagens".

13. "Ei, Thomas, se você tocar nesta cassete, eu te mato!"

 

Ein Beitrag geteilt von Thomas Graf (@tgraf86) am

14. Eu mal podia esperar para ter um!

pinhandy

15. Como é possível que tanta sujeira venha de um mouse?

pinmaus

16. O longo caminho para finalmente abrir um programa...

17. Isso me deixava nervoso!

18. Quando a mamãe queria fazer uma ligação e você não podia estar na Internet ao mesmo tempo.

pinpc

Você sente uma sensação de nostalgia quando vê essas fotos? Será que os filhos da geração atual sentirão o mesmo daqui a 20 anos?

Fonte:

Buzzfeed

Comentários

Também incrível